NOTÍCIAS


02.04.19

Investir Em Imóveis? Vale A Pena? Veja Um Exemplo De Valorização Real

Se você é daquelas pessoas que se preocupam com o futuro e pensam logo na caderneta de poupança para aplicar as economias, saiba: você não está sozinho.

refinanciamento-imovel-1

Entre os brasileiros que decidem investir, 89% escolhem essa modalidade de aplicação. Até aí, tudo bem! Afinal, em toda aula de educação financeira e planejamento doméstico, o conselho é unânime: poupar é importante. Investir? Melhor ainda.

O problema é que a caderneta de poupança, a modalidade “queridinha” dos brasileiros, rende muito pouco e leva, em média, 45 anos para dobrar o patrimônio investido, segundo levantamento da XP Investimentos.

A boa liquidez pode explicar a preferência, mas ninguém quer esperar tanto tempo para ver as economias se multiplicarem. Com rentabilidade baseada na taxa Selic, o dinheiro da poupança rende menos se comparado às taxas médias anuais de juros. Assim, com suas economias todas aplicadas neste tipo de investimento, é possível garantir apenas que o dinheiro não desvalorize ficando parado. E investir significa, de fato, ter retorno financeiro, não é mesmo?!

Mas afinal, investir em imóveis vale a pena?

A grande questão é: por que investir em opções pouco rentáveis quando há um mercado em reaquecimento, ideal para investidores?

Se você pensou no mercado imobiliário e, mais precisamente, na compra de um apartamento, acertou! Em análise sobre a retomada da economia no Brasil e o desempenho da indústria da construção civil, o sócio consultor da BRAIN Bureau de Inteligência Corporativa, Guilherme Werner, acredita que 2019 será um ano promissor, com um ambiente mais aquecido e propício para os negócios, principalmente para investidores.

Com a tendência de queda nos juros de financiamento imobiliário e a estabilidade da taxa básica de juros, além da retomada nos empregos, o especialista aposta que estamos diante de uma oportunidade ímpar para investir em imóveis.

Investir em imóveis, prova de rentabilidade?

Tudo bem. Você tem um perfil ultraconservador, prefere uma aplicação com boa liquidez, mesmo que isso signifique rendimentos modestos. É seu direito! Mas não custa fazer as contas e pensar um pouco a respeito. Os números não costumam mentir, então permita-se ao menos uma chance de conferir o que a matemática não esconde. Em Joinville, no último trimestre de 2018, a valorização média de imóveis na cidade (prioritariamente apartamentos) foi de quase 8,5%.

Não é necessário muito conhecimento em ciências exatas para perceber que, só aí, o mercado imobiliário já tem vantagens em relação a outras aplicações financeiras, como o CDI, por exemplo, com rendimento de 6,4% ao ano. É evidente que comprar um imóvel exige cuidado e atenção. Uma série de fatores devem ser levados em conta para evitar problemas, dores de cabeça ou até prejuízos.

Investir em um apartamento na planta pode ser altamente lucrativo. Basta que você faça a escolha certa.

Investir em imóveis é negócio bem feito e garantia de valorização

Suponha que você investiu suas economias em um empreendimento em construção. Imagine que, de janeiro de 2018 a janeiro de 2019, a valorização tenha sido de 14%. Agora, o melhor: não estamos falando de um exemplo hipotético. É real.

Se você tem planos a longo prazo e não quer se arriscar com produtos financeiros mais ousados ou de maior risco, investir em imóveis é uma alternativa que precisa ser considerada. O que você deve ter em mente, na verdade, são alguns cuidados na hora de escolher a construtora e a incorporadora que serão parceiras no negócio. Já falamos aqui outras vezes sobre os cuidados na hora de comprar um apartamento. É sempre bom ter em mente que a credibilidade e a seriedade da empresa são fundamentais na hora de fechar o negócio.

Investimento confiável Para que seu investimento não se transforme em dor de cabeça, o primeiro passo é pesquisar, investigar e analisar as opções que levarão à escolha certa. Se ao pensar em uma aplicação financeira você estuda e avalia todas as possibilidades antes de investir, a mesma regra vale na hora de comprar um apartamento.

Antes de qualquer coisa, conheça o histórico da construtora, os profissionais, as obras já entregues, preste atenção na qualidade construtiva e só faça a compra do imóvel quando tiver a certeza de que está negociando com uma empresa ética, séria e honesta. Da excelência no atendimento à entrega da obra no prazo, todas as etapas são fundamentais. Afinal, não estamos aqui falando de investimentos de alto risco.

Estamos falando de investimentos em imóveis que vão valorizar e garantir boa rentabilidade.

Depois de atestar a credibilidade da construtora, o segundo passo é escolher o imóvel. Como já falamos, os apartamentos na planta oferecem boa rentabilidade, acima de aplicações como a caderneta de poupança e o CDI, por exemplo. Muitos fatores podem acelerar a valorização do imóvel. Além da qualidade construtiva, vale a pena considerar também a localização.

A vizinhança é importante e a proximidade com o comércio, escolas, bancos, shoppings, supermercados, farmácias e boa infraestrutura urbana são preponderantes para a valorização do empreendimento. Vale lembrar que mesmo em tempos de crise os imóveis não se desvalorizam tanto quanto alguns.

Como escolher a construtora?

Empresas com foco em inovação, tecnologia, conceitos arquitetônicos modernos, segurança, conforto, sustentabilidade e cuidados em cada detalhe, da estrutura ao acabamento, certamente merecem sua atenção.

 

A solidez do investimento também é uma vantagem.

Afinal, quem compra um apartamento mantém seu patrimônio consistente e terá o bem como uma garantia em situações futuras imprevistas, se for o caso.

Viu só como vale a pena investir em imóveis?

Com boa análise do mercado, atenção às opções e escolhas acertadas, é só fechar o negócio e seus recursos vão valorizar bem mais do que a maioria dos brasileiros está acostumada.

Fonte: incorposul

 

 

Voltar

HOME      QUEM SOMOS      FLATS A VENDA      FLATS PARA LOCAÇÃO      CONTATO     

Rua Dep. Jamel Cecilio n. 2929 Sala 801 Jardim Goias - Goiânia - GO.
Contato +55 (62) 4101 6806